quinta-feira, outubro 29, 2009

Pequenas anedotinhas escolares

Hoje tivemos a companhia de uma britadeira, cortesia do governo estadual e da Secretaria da Educação, que já resolveu todos os problemas referentes à gestão escolar e à educação formal propriamente dita e vai prover acesso à internet e "inclusão digital" à comunidade escolar. Então há uma baita reforma em curso na escola.

Então some o calor às salas cheias de meninos que correm o tempo todo, à indisciplina comum, ao barulho. Junte tudo e adicione pitadas de adolescentes com sérios problemas de higiene pessoal.

Daí, né, fui conversar com a sala e explicar que, veja bem, nós já estudamos o caso do estilo de vida medieval e vimos que a sujeira favorece a doença, e também vivemos em sociedade, então convém respeitar e cuidar do próprio corpo e respeitar o espaço - incusive olfativo - do outro. Falei que todos já são grandes e podem muito bem lavar os tênis, colocar ao sol, trocar meias diariamente, carregar um desodorante na bolsa, dar aquela conferida no sovaco na hora de ir ao banheiro e, se for o caso, reforçar a proteção, lavar o rosto, etc.

Estava lá eu, calmamente, comentando que nem era o caso de tomar banho de perfume, e disse que eu mesma não uso perfume ou qualquer coisa com cheiro porque sou alérgica, tenho enxaqueca e...

...e o menino levanta a mão na fileira da parede e completa inocentemente (inocente sim, porque é um menino que sei que gosta de mim, gosto dele, etc, etc):

-...e a dona não fede, né dona?

2 comentários:

Anunciação disse...

Traduzindo:apesar de a senhora não se banhar de perfume,não fede porque é asseada,toma banho e tem cuidado consigo mesma;tou errada?

Inilein disse...

Que coisinha, né? ele quis reforçar o seu discurso, o fez do jeito dele, sabe que é até bonitinho?